Tiques /


Tique é o movimento ou vocalização involuntários, súbitos e repetitivos que envolvem determinado grupo de músculos, como por exemplo piscar excessivo dos olhos ou movimentos bruscos com a cabeça e que trazem muitas vezes embaraço ou desconforto à pessoa. Os tiques são movimentos sem propósito, involuntários, repentinos, que parasitam os movimentos espontâneos e geram desconforto para quem tem e para quem está diante de quem tem.

Na maioria das vezes os tiques são benignos e transitórios, durando alguns meses e desaparecendo espontaneamente. Acometem cerca de 20 % das crianças em alguma fase da infância, são mais comuns e intensos em meninos, por vezes persistem até a idade adulta, causando constrangimentos e baixa autoestima.

Os tiques são classificados como motores e fônicos; os motores são decorrentes de grupos musculares como piscamentos, coçar o nariz, arquear as sobrancelhas, encolher os ombros, fazer caretas, copiar movimentos dos outros etc; os fônicos são produzidos com emissão de sons como tossir, estalar os dedos, pela passagem do ar pelo nariz, repetir sílabas e palavras que os outros falam etc.

Alterações emocionais, como nervosismo, estresse, cansaço ou falta de sono, podem provocar aumento dos tiques. Isso porque a instabilidade aumenta a adrenalina descarregada no corpo, o que pode provocar uma crise de tiques. Alimentos estimulantes também, como café, chá verde ou preto, chocolate e guaraná em pó, podem estimular o efeito da dopamina no cérebro. Com isso, a pessoa fica mais tensa e acelerada, o que faz com que também haja um descontrole dos tiques.

Mesmo que o paciente consiga reprimi-los por algum tempo, não têm domínio sobre eles. O que ocorre é que surge uma vontade irresistível de realizar o ato motor (tique), um desejo obsessivo que só é aliviado com a realização do ato. Ninguém tem tique por birra ou para chamar atenção. É um distúrbio complexo e às vezes o paciente precisa de ajuda para se livra dele. A causa do surgimento dos tiques nervosos não se deve apenas a fatores psicológicos, mas a uma associação de fatores genéticos e desencadeantes psíquicos.

A síndrome de Tourette é um transtorno neuropsíquico onde aparecem tiques motores e vocais, eventualmente severos com comprometimento dos rendimentos social, escolar e profissional. Para todos os tipos expressão dos tiques nós do Instituto Phisiom aplicamos a Reprogramação Neurodimensional associada a terapias complementares da medicina comportamental com grande eficiência e eficácia na diminuição manifestação dos tiques.